TOLLER



 

À noite, sonhei contigo
E me embalei no meu sonho,
Como se acordado estivesse,
Vivi tudo aquilo que vi e ouvi:
Tuas costas nuas, o CD,
Teu sorriso e riso na TV.



E as coisas que dizias,
Como se fossem pra mim,
Passeavam aqui, por dentro,
Abelha em forma de flor,
Sussurrando, assim, baixinho,
I want, if you want; I want, if you want.



 

Foi como se me pedisse,
Que minhas mãos deslizassem,
Como um beijo que não se faz,
Pelo nu de tuas costas,
Viajando nesse meu sonho,
Nascido da cor dos teus olhos,
Da capa desse CD,
Embalado pela música,
Encantada por você.



Olha, só posso dizer,
Que lindo que é sonhar,
Sonhar não custa nada,
Pois sonhar é quase tudo ,
Quando o sonho, que se sonha,
É sonhado por você!

 



Wilson Melo da Silva Filho