17/12/1987

 

PEQUENA CARTA, DE NATAL E DE SAUDADE



1

 

"Amigo é coisa para se guardar,

Debaixo de sete chaves,

Do lado esquerdo do peito,

Dentro do Coração,

Assim falava a canção,

Que, na América, ouvi,

Mas quem cantava chorou,

Ao ver seu amigo partir,

Mas quem ficou, no pensamento voou,

Com seu pranto que o outro guardou,

E quem voou, no pensamento ficou,

Com a lembrança que o outro cantou.

 

.............................................................................



O que importa é ouvir a voz,

Que vem do coração,

Pois seja o que vier,

Venha o qu vier,

Qualquer dia, amigo,

A gente vai se encontrar"

De Milton Nascimento em "Canção da América"



2

"Eu tinha um unicórnio azul,

Que se foi.

Mesmo que eu tenha outro igual,

Eu queria aquele que se foi"

De Silvio Rodrigues, compositor cubano



3

Onde está você, que se afastou daquele que é teu,

Se o Sol que se põe, no ocaso da memória,

Apaga, aos poucos, as luzes de lembranças tantas.

Comigo tenho, ainda, uma foto tua.

Tenho medo que, esmaecida pela saudade,

Seja tudo que, um dia, venha restar de ti.



Do Wilson, que, neste Natal, lembrará de você