DESMANCHADA

 

Trinta dias,

hoje,

daquela tarde,

iluminada,

encantada,

por você.

Seu perfume,

uma cerveja,

e sua blusa,

verde apenas,

deliciosa,

seu corpo,

meu desejo,

seu prazer,

intenso,

minha ternura,

por você.

E a saudade,

e a vontade,

que já não passa,

de outra tarde,

muitas tardes,

infinitas,

com você,

que já não quero,

e já não posso,

não lhe ter,

pois lhe quero,

iluminada,

encantada,

perfumada,

arrepiada,

desmanchada,

de prazer.





Wilson Melo da Silva Filho